As doenças autoimunes são um grupo de doenças distintas que têm como origem o fato do sistema imunológico passar a produzir anticorpos contra componentes do nosso próprio organismo. Por motivos variados e nem sempre esclarecidos, o nosso corpo começa a confundir suas próprias proteínas com agentes invasores, passando a atacá-las.

Portanto, uma doença autoimune é uma doença causada pelo nosso sistema imunológico, que passa a funcionar de forma inapropriada.

As doenças autoimunes são um grande problema e afetam mais de 80 milhões de americanos e 5% da população nos países ocidentais. As mais conhecidas atualmente são as listadas abaixo, porém temos mais de 100 tipos de doenças autoimunes.

  • Diabetes tipo 1
  • Lúpus
  • Artrite Reumatóide
  • Esclerose Múltipla
  • Colite Ulcerativa
  • Doença de Chron
  • Doença Celíaca
  • Doença de Graves
  • Tireoidite de Hashimoto
  • Espondilite Anquilosante

Abaixo segue um exemplo de como algumas delas acontecem:

→ No diabetes tipo 1 ocorre uma produção inapropriada de anticorpos contra as células do pâncreas que produzem insulina, levando a sua destruição e ao aparecimento do diabetes.

→ Na esclerose múltipla, o sistema imunológico começa a produzir anticorpos contra componentes dos neurônios, causando destruição dos mesmos e graves problemas neurológicos.

→ Na tireoidite de Hashimoto, o corpo passa a produzir anticorpos contra a nossa própria glândula tireoide, destruindo-a, levando o paciente a desenvolver hipotireoidismo.

O diagnóstico das patologias autoimunes é habitualmente feito com base no quadro clínico e na pesquisa de auto-anticorpos no sangue. O auto-anticorpo mais comum é o FAN (Fator Antinuclear) que pode estar positivo em várias, mas não em todas, doenças autoimunes.

O tratamento da maioria das doenças autoimunes consiste na inibição do sistema imunológico através de drogas imunossupressoras, como corticoides. O problema é não existe medicamento para anticorpos específicos, dessa forma acaba-se criando um quadro de imunossupressão geral que deixa o paciente mais vulnerável a bactérias, vírus e fungos. Além de aumentar o risco de câncer, osteoporose e doenças psiquiátricas.

E QUAL É A ALTERNATIVA PARA OS MEDICAMENTOS?

Na verdade, primeiro de tudo precisamos entender que um corpo com anticorpos que atacam os nossos próprios órgãos está fora do equilíbrio e precisamos trazê-lo de volta para esse equilíbrio. Precisamos entender a raiz da inflamação que está por trás da doença autoimune.

As causas mais comuns são: estresse, infecções ocultas, alergias ou sensibilidades alimentares, exposição tóxica, pré-disposição genética, deficiências nutricionais e intestino permeável. Na verdade as 5 causas principais são:

  • Alérgenos;
  • Microrganismos ou desequilíbrio de fungos e bactérias no intestino;
  • Toxinas;
  • Dieta deficiente;

Tudo isso pode desencadear sintomas e desenvolver milhares de doenças, incluindo as doenças autoimunes. Por isso é tão importante entender os hábitos de cada um, conhecer a história e a rotina com detalhes, com isso chegaremos na raiz do problema e poderemos tratá-lo, ao invés de mascará-lo.

As doenças autoimunes tem cura e todos precisam saber disso!

10 PASSOS PARA REVERTER A DOENÇA AUTOIMUNE:

Aqui incluímos comida natural, luz solar, ar, água pura, movimento, amor, sono adequado, conexão, equilíbrio hormonal, significado e propósito.

  1. Faça um exame para verificar se existem infecções ocultas no seu corpo, por fungos, vírus ou bactérias;
  2. Faça um protocolo de desintoxicação, retirando todos os alérgenos alimentares e alimentos inflamatórios;
  3. Faça um exame para verificar a possibilidade de doença celíaca;
  4. Faça um exame para verificar intoxicação por metais pesados, isso é muito comum atualmente. Mercúrios e outros metais em excesso podem ser a causa de doenças autoimunes;
  5. Repare o seu intestino, quando ele está hiper permeável ou com crescimento de bactérias patogênicas excessivo, a inflamação aumenta, podendo levar as doenças autoimunes;
  6. Inclua no seu dia alimentos e nutrientes anti-inflamatórios, eles ajudam a acalmar o seu sistema imunológico. Experimente usar ômega 3 (peixes, semente de linhaça, semente de chia), vitamina C (frutas cítricas e folhas verde escuras), vitamina D (peixes, frutos do mar e ovo) e probióticos (alimentos fermentados, como: iogurte, kombucha, kefir e chucrute). Também podemos utilizar os suplementos.;
  7. Utilize as ervas e temperos anti-inflamatórios, como: cúrcuma, gengibre, coentro, alecrim, canela, orégano e outros.;
  8. Pratique atividade física regularmente, lembrando que a constância é mais importante do que a quantidade isolada. O exercício é um anti-inflamatório natural;
  9. Pratique o relaxamento, seja através de meditação, yoga, respiração ou massagens. O stress piora a resposta imunológica;
  10. Durma pelo menos 8 horas por noite!

 DICAS PARA COMEÇAR A COLOCAR EM PRÁTICA JÁ:

  • Tome todas as manhã um shot de 100ml de água, 1/2 limão e 1 colher de café de cúrcuma;
  • Faça um suco verde, sempre variando as folhas (espinafre, rúcula, agrião ou couve), as ervas (alecrim, tomilho, manjericão ou hortelã), usando somente 1 fruta (limão, frutas vermelhas, maracujá, kiwi, maçã verde ou água de coco) e gengibre;
  • Inclua gordura de boa qualidade no seu dia, como: coco e seus derivados, abacate, azeite, sementes de chia, linhaça, gergelim (seus óleos também) e as castanhas;
  • Exclua os adoçantes da sua rotina;
  • Beba pelo menos 2,5L de água por dia;
  • Use chás durante o seu dia, pode ser: cavalinha, hibisco, gengibre, canela, hortelã, erva doce, camomila, capim cidreira, chá verde, melissa, mulungu e outros;
Escrito por Dra. Maria Fernanda Cortez Giansante

VEJA TAMBÉM:

Importância do Detox na prevenção das doenças autoimunes!

O que seu médico não fala para você sobre a artrite!

banner-programa-detox

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.