Você sabe que sua saúde intestinal é importante, mas como você pode realmente ajustar sua dieta para manter um trato digestivo saudável?

Um intestino saudável digere e absorve os alimentos que você consome para que o corpo possa usar todos os nutrientes. O revestimento do intestino é fundamental para a absorção adequada desses nutrientes, bem como para a excreção eficiente de resíduos e proteção contra invasores nocivos. Quando esse revestimento se torna hiperpermeável ou “vazado” – devido ao estresse crônico, alimentos processados, álcool, medicamentos ou um desequilíbrio no microbioma intestinal – nutrientes e materiais pré-digeridos vazam do intestino e podem desencadear uma resposta inflamatória.

Essa resposta inflamatória pode se apresentar como gases e distensão abdominal, refluxo ácido, fadiga, dores nas articulações, evacuações irregulares, insônia, névoa cerebral, problemas de pele como eczema e até ansiedade e depressão. A função digestiva deficiente e o intestino gotejante têm sido associados a muitas doenças modernas, como doença inflamatória intestinal, obesidade, câncer, doenças autoimunes, diabetes e doenças cardíacas. Então, o que é necessário para manter o revestimento intestinal forte e funcionando perfeitamente? Comece com o que está em seu prato.

Aqui estão os principais alimentos curativos para você fazer um rodízio no seu dia a dia e ter um intestino forte e saudável:

Os melhores alimentos para um intestino saudável:

  1. Óleo de coco

Essa gordura saturada curativa contém propriedades antimicrobianas que combatem o crescimento excessivo de bactérias comuns no intestino, como candida / levedura, fungos, parasitas e vírus. Especificamente, o óleo de coco contém ácido láurico e caprílico, o agente ativo que combate o excesso de candida no intestino.

Ao comprar óleo de coco, escolha óleo orgânico, extra virgem e prensado a frio para cozinhar ou comer na hora.

2.    Aloe vera 

Você já deve conhecer aloe vera como um calmante para a pele, especialmente depois de muito sol, mas as propriedades calmantes desta planta são muito mais profundas. Aloe é uma potência de cura do intestino. Beber suco de aloe vera combate a inflamação e acalma e relaxa o trato gastrointestinal. Pode até ajudar a curar úlceras, apoiando as secreções da mucosa e curando o revestimento do trato gastrointestinal, evitando que o intestino goteje. Finalmente, o gel de aloe vera pode aliviar a constipação. Evite aloe vera se estiver grávida ou amamentando.

  1. Alimentos antiinflamatórios

Os alimentos que podem irritar o trato gastrointestinal e causar inflamação incluem alimentos processados, açúcares e farinhas refinadas, laticínios, álcool e óleos de cozinha convencionais. Remover esses alimentos de sua dieta pode fazer maravilhas para seu intestino. Mas não se trata apenas do que você tira! Aumentar a ingestão de alimentos antiinflamatórios ajuda a reduzir ainda mais a inflamação, o crescimento excessivo de bactérias ou o intestino hiperpermeável. Abasteça-se de verduras com folhas escuras, vegetais coloridos sem amido e certifique-se de incluir gorduras saudáveis, como sementes de chia, peixes selvagens gordurosos e abacate. A cúrcuma é uma erva antiinflamatória poderosa que pode ser adicionada a sopas, vegetais e até mesmo ao seu smoothie da manhã.

  1. Alimentos ricos em probióticos e prebióticos

Seu microbioma intestinal é composto de trilhões de bactérias, fungos e outros micróbios que ditam nossa saúde, controlando a digestão, apoiando a função imunológica adequada e até contribuindo para o bem-estar mental. Manter um equilíbrio saudável das bactérias intestinais é a chave para a saúde gastrointestinal. Adicionar alimentos ricos em probióticos à dieta ajudará a reabastecer continuamente as bactérias benéficas no intestino, apoiando um equilíbrio bacteriano saudável e uma digestão adequada.

Alimentos probióticos: Vegetais cultivados como chucrute fermentado, kimchi, kvass de beterraba, kefir, missô, iogurte de leite de coco. Tão importante para a saúde intestinal quanto os alimentos probióticos, os prebióticos são tipos de fibra dietética que alimentam as bactérias benéficas em seu intestino. O consumo de alimentos ricos em prebióticos ajuda as bactérias do intestino a produzir nutrientes para as células do cólon.

Alimentos prebióticos: Raiz de chicória crua, alcachofra, dente-de-leão, alho, cebola e cebolinha. O amido resistente é um alimento prebiótico que tem benefício particular para o cólon, reduzindo a inflamação e auxiliando uma série de distúrbios digestivos, incluindo colite ulcerativa, doença de Crohn, diverticulite, diarreia e constipação e até câncer colorretal. O amido resistente pode ser encontrado na banana, arroz cozido e resfriado, batata, e grãos inteiros como aveia e cevada. Se algum desses alimentos causar inchaço, converse com seu médico, pois pode ser devido ao crescimento excessivo de bactérias.

Adicionar esses superalimentos que curam o intestino à sua rotina diária é um ótimo começo para apoiar o seu intestino e começar a curar quaisquer problemas digestivos com os quais você possa estar lidando.

Escrito por Dra. Daniela Cyrulin

VEJA TAMBÉM:

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.