Você conhece o Manuka Honey?

Nativo da Nova Zelândia, é produzido por abelhas que polinizam o mato Manuka. Seus usos são de longo alcance, desde o tratamento de feridas e infecções até o aumento da imunidade para ajudar com acne e eczema. Basicamente, é benéfico topicamente e quando consumido. Embora o mel de Manuka possa ser um dos remédios médicos mais polivalentes fornecidos pela natureza, há certas coisas a serem observadas. Aqui está tudo o que você precisa saber, desde a história até os poderes de cura.

O que faz com que Manuka seja tão especial?

Historicamente, o mel tem sido utilizado medicinalmente há milhares de anos, principalmente como agentes antimicrobianos e antibacterianos no tratamento de feridas e infecções. Os benefícios e a qualidade dependerão do tipo de mel usado. Enquanto os benefícios de saúde do mel são atribuídos ao seu conteúdo de peróxido de hidrogênio, o mel Manuka consiste em mais componentes que aumentam seu benefício. Estes compostos só podem ser encontrados no néctar da flor de Manuka (Leptospermum scoparium) nativa da Nova Zelândia, resultando em um perfil nutricional muito potente. As espécies de Leptospermum foram descritas pela primeira vez no final do século XVIII, mas só quando as pesquisas realizadas na década de 1980 identificaram e documentaram as propriedades antibacterianas melhoradas da planta de Manuka.

O que é interessante é que até mesmo a qualidade em todos os méis de Manuka pode variar, razão pela qual foi estabelecido o Fator Único de Mel Manuka (UMF). O UMF é um sistema de classificação de garantia de qualidade que testa os níveis de metilglioxal (MG) e dihidroxiacetona (DHA), os dois compostos químicos responsáveis ​​pela singularidade do néctar de Manuka. Quanto maior a concentração de ambos, mais puros e potentes. O produto é classificado por sua autenticidade e recebeu uma classificação, variando de UMF 5+ a UMF 20+.

Como saber se o seu mel de Manuka é real?

Ao comprar seu próximo frasco, aqui estão algumas coisas a serem observadas:

  •  O rótulo afirma que é genuíno mel Manuka, e a marca UMF está incluída.
  • É de uma empresa da Nova Zelândia.
  • Tem pelo menos uma classificação UMF de 10+ (com classificações mais altas denotando maior qualidade).
  •  O perfil nutricional do mel de Manuka.

Graças à longa lista de nutrientes do manuka honey (e, portanto, currículo muito impressionante), ele é usado para tratar uma variedade de condições. É uma rica fonte de aminoácidos, vitaminas do complexo B, cálcio, cobre, ferro, magnésio, manganês, fósforo, potássio, sódio e zinco (só para citar alguns).

 Utilizações tópicas para o mel de Manuka.

Um dos usos mais pesquisados ​​e documentados do mel de Manuka tem sido no tratamento de certas condições da pele. Estudos clínicos demonstraram ser uma técnica muito eficaz na cura de feridas, queimaduras, úlceras e infecções, não só porque inibe o crescimento de bactérias nocivas, mas também porque é eficaz em matar bactérias normalmente resistentes a outros antibióticos. A ciência também está explorando seu uso como agente tópico em outras doenças da pele. Dada a abundância de antioxidantes encontrados no mel Manuka, é altamente anti-inflamatório e pode ser usado contra a dermatite, acne e eczema.

Demonstrou-se que os compostos de MG encontrados no mel de Manuka aumentam a ligação cruzada de colágeno, promovendo seu crescimento estrutural na pele. Além disso, os aminoácidos do mel de Manuka constroem e protegem o colágeno. Mais colágeno significa mais elasticidade da pele, o que mantém a pele mais firme. Mas os benefícios da beleza não param por aí. O mel de Manuka é um umectante natural (a tradução é super hidratante) e ajuda a pele a reter a umidade. Para colher esses incríveis efeitos, faça uma máscara facial caseira.

 Como o mel de Manuka apóia a saúde intestinal?

O mel de Manuka pode apoiar seu microbioma. Ele contém um certo tipo de açúcar chamado oligossacarídeo, que tem um efeito prebiótico e é conhecido por promover a proliferação de boas bactérias. Estudos também estão mostrando a capacidade do mel de Manuka para ajudar com vários distúrbios digestivos. O alto teor de antioxidantes tem sido especificamente eficaz em ajudar no tratamento de úlceras gástricas e doença inflamatória intestinal.

Outro poder de cura intestinal está no combate a patógenos. Um estudo recente concluiu que o Clostridium difficile (C. diff), uma variedade de bactérias nocivas responsáveis ​​pela colite e outras formas de doença gástrica, é particularmente suscetível às propriedades antibacterianas encontradas no mel de Manuka. O mesmo vale para Helicobacter pylori (H. pylori), um patógeno ligado a deficiências minerais, supercrescimento bacteriano do intestino delgado, refluxo ácido e até mesmo câncer gástrico. Um estudo concluiu que o H. pylori também responde à atividade antibacteriana do mel de Manuka, portanto, o mel de Manuka deve ser considerado como uma opção de tratamento alternativo. Tomar uma ou duas colheres de sopa é benéfico.

Vários estudos concluíram que o mel de Manuka é ótimo para o seu sistema imunológico. O delicioso elixir contém flavonóides, uma família de antioxidantes conhecidos por serem altamente anti-inflamatórios. Além disso, um estudo mostrou que o mel de Manuka estimulou as células imunológicas, enquanto outro estudo concluiu que ele pode ajudar a inibir a produção de citocinas pró-inflamatórias. Mais especificamente, o mel de Manuka é comumente associado à cura da dor de garganta. Não apenas suas propriedades antibacterianas, antivirais e antimicrobianas criam a tríplice perfeita para o tratamento, mas a textura viscosa de Manuka ajuda a cobrir e acalmar a garganta, destruindo as bactérias nocivas em seu caminho. Sua tosse está te mantendo acordada à noite? Um estudo descobriu que as condições do sono melhoraram tanto para crianças quanto para adultos que sofrem de problemas respiratórios superiores. Sugerimos engolir um pouco de mel quando a garganta fica dolorida ou combiná-lo com vinagre de maçã para curar um resfriado.

Como o mel de Manuka ajuda a higiene oral?

A adição do mel de Manuka à sua rotina de higiene bucal pode fazer maravilhas pela sua saúde bucal. Estudos mostram que reduz a placa bacteriana, previne o decaimento, combate o mau hálito e até combate a gengivite. Experimente como um enxaguatório bucal, combine-o com óleo de coco para fazer o pulling ou misture com o creme dental antes de escovar.

 Como o mel de Manuka ajuda com alergias?

Se você é suscetível a alergias sazonais, provavelmente já ouviu falar de usar mel local como remédio natural. Mas mesmo que o mel de Manuka venha de um continente diferente, isso poderia proporcionar alívio. Em um estudo, os participantes que receberam uma solução diária de mel de Manuka relataram uma melhora em seus sintomas. Outro estudo mostrou que pacientes que sofrem de alergia a fungos responderam positivamente a Manuka quando métodos mais tradicionais não estavam funcionando. Os altos níveis de metilglioxal (MG) encontrados em Manuka impedem a produção de bactérias produtoras de biofilme, que está diretamente ligada à rinossinusite crônica e nasal. congestionamento.

Como o mel Manuka pode ajudar com o sono?

Se o sono é algo que você luta com, Manuka mel pode ajudar. Contém altos níveis de triptofano, o aminoácido associado ao sono. Não pára por aí – o triptofano desencadeia a produção de serotonina, o neurotransmissor que não apenas relaxa, mas é um precursor necessário para a produção de melatonina, um importante hormônio que regula o sono. Antes de dormir, misture este relaxante copo de leite dourado (golden milk) para obter o tónico final da noite. Açafrão contém a curcumina química, que também pode contribuir para uma boa noite de descanso.

Escrito por Dra. Daniela Cyrulin

VEJA TAMBÉM:

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.