O envelhecimento é um processo inevitável que acontece gradualmente ao longo do tempo. Embora isso geralmente comece como um processo externo, à medida que amadurecemos, começamos a notar mudanças internas também. A rapidez com que envelhecemos, no entanto, é uma variável e é fortemente influenciada pela crença, estilo de vida e alimentação.

O envelhecimento acelerado é muitas vezes o resultado de deficiências nutricionais, estresse excessivo e escolhas de estilo de vida pobres. Estamos expostos a radicais livres (ou estresse oxidativo) de toxinas internas e externas diariamente, e isso afeta o corpo ao longo dos anos, eventualmente começando a desgastar os processos celulares externos e internos. A falta de circulação também é um fator que contribui para o envelhecimento prematuro, já que o movimento tem um efeito rejuvenescedor em todo o corpo. O exercício diário é essencial para limpar a estagnação do corpo.

Nossas crenças também afetam se envelhecemos prematuramente ou não. A atitude é incrivelmente importante, e ser jovem no coração muitas vezes se traduz em juventude em todas as áreas de nossas vidas.

O sistema endócrino regula todos os sistemas do corpo e ajuda a equilibrar os hormônios. Nossos órgãos e células usam hormônios como mensageiros para se comunicar com o resto do corpo. Um sistema endócrino balanceado suporta sinergia e harmonia interna.

As seguintes glândulas produzem hormônios, que trabalham para regular tudo, desde o nosso metabolismo até a digestão. Estes sistemas são dirigidos pelo nosso ritmo circadiano, que é mantido pela produção noturna de melatonina, tornando o sono um elemento essencial para o anti-envelhecimento.

-A glândula pineal (suporta o ritmo circadiano)

-A tireóide (regula o metabolismo)

-O pâncreas (ajuda na digestão e regulação do açúcar no sangue)

-Os ovários e testículos (produzem hormônios sexuais: estrogênio, progesterona e testosterona)

-As glândulas supra-renais (produzem cortisol para manter a homeostase através de estresse emocional e fisiológico)

As seguintes recomendações de estilo de vida apoiam o equilíbrio endócrino e a restauração e servem como medidas preventivas para manter esse brilho juvenil.

Confira 9 dicas antienvelhecimento:

  1. Durma bem

O sono é vital para recuperar e reconstruir e reparar o corpo. Cada parte do nosso ser se beneficia do sono reparador e regular. Definir uma rotina que inclua sete a oito horas de sono noturno e ir para a cama antes da meia-noite são passos fundamentais para restaurar a harmonia.

  1. Desconecte-se

O tempo de inatividade e a meditação são incrivelmente revitalizantes e restauradores. Fique quieto ou dê um passeio na natureza, ouça música suave e desligue-se por pelo menos um curto período de tempo todos os dias. Desconectar é absolutamente essencial para nossa felicidade e bem-estar. Este tempo desconectado pode ser uma das melhores maneiras de reiniciar nossos sistemas nervosos e apoiar a harmonia endócrina.

  1. Beba água

Cada célula, tecido e órgão do corpo precisa de água para funcionar de forma eficiente. Sem água suficiente, a saúde precária está rapidamente no horizonte. Há uma série de funções que a água realiza para o corpo: regular a temperatura do corpo, transportar nutrientes e sinais elétricos para as células, lubrificar as articulações e liberar toxinas e resíduos. Uma queda de apenas cinco por cento nos níveis de água do corpo pode causar uma perda de 30% de energia.

  1. Exercite-se

O exercício físico é parte integrante da prevenção do envelhecimento prematuro, pois estimula a drenagem linfática, tonifica os músculos, alivia o estresse, estimula os órgãos internos, alivia a depressão, promove o sono, reduz o colesterol e facilita o pensamento claro. Também libera endorfinas, o que naturalmente elevará seu humor. Exercício moderado três a quatro vezes por semana, para começar, é ideal. O movimento regular é a coisa mais importante que você pode fazer para apoiar sua longevidade.

  1. Faça drenagem linfática

A drenagem faz muito bem para o sistema linfático, além do exercício regular. O sistema linfático está espalhado por todo o corpo e é responsável por filtrar e remover toxinas usando uma rede de nódulos, glândulas e órgãos cheios de líquido. Quando este sistema não está funcionando em seu potencial ideal, as toxinas podem ficar presas e depositadas em todo o corpo. A drenagem linfática é uma massagem suave ao longo das vias do sistema linfático que ajuda a liberar os bloqueios e fazer o sistema fluir. Devido à sensibilidade desse sistema, é recomendável que você procure um profissional para esse tipo de tratamento.

  1. Exercite o cérebro

Faça atividades que sejam mentalmente desafiadoras, como quebra-cabeças, palavras cruzadas e aprenda coisas novas. Você também pode manter sua mente ativa ao ler, escrever e participar de discussões e debates interessantes. Outras formas de manter a saúde do cérebro e fortalecer os caminhos neurais são adotar exercícios de plasticidade cerebral, como trocar a mão dominante que você usa para as atividades cotidianas (por exemplo, usando a mão não dominante para escovar os dentes, disque o telefone ou escreva uma lista de compras), realizando múltiplas atividades sensoriais (essencialmente fazendo duas coisas ao mesmo tempo que envolvem os sentidos, como ver o pôr do sol enquanto toca com suas mãos, ou ouvir música e cheirar flores simultaneamente) e mudar rotinas regulares ( por exemplo, fazer uma nova rota em uma viagem diária ou corrida, ou usar novos equipamentos na academia). Novas experiências e atividades mentais difíceis desafiam seu cérebro a se adaptar, o que o mantém forte – basicamente exercita seu cérebro!

  1. Gerencie níveis de estresse

Gerenciando o estresse é crucial para retardar o processo de envelhecimento. O estresse causa um aumento consistente no cortisol das glândulas supra-renais, e quando os níveis de cortisol são cronicamente altos, eles podem roubar o corpo de nutrientes essenciais para uma pele saudável e brilhante. O estresse crônico altera a produção de neurotransmissores (afetando suas emoções) e esgota os nutrientes necessários para equilibrar os hormônios. O estresse também aumenta a inflamação silenciosa e pode contribuir para a permeabilidade intestinal – aumentando o efeito do envelhecimento. Para manter os níveis de estresse baixos, permita-se ter tempo sozinho todos os dias para meditar, exercitar ou relaxar fazendo algo que você goste.

  1. Reduza a exposição a luz azul

A luz visível de alta energia (HEG), também conhecida como luz azul, é emitida pelos nossos computadores, telefones celulares e outros dispositivos tecnológicos. Este tipo de luz enfraquece o colágeno e a elastina e faz com que ocorra o envelhecimento precoce da pele. Usar telas à noite antes de dormir também perturba nossos ritmos circadianos, o que tem um impacto negativo no sono. O reparo celular é mais significativo à noite, e precisamos de um sono de qualidade para apoiar os processos de regeneração da pele. Evite o tempo excessivo na tela e certifique-se de desligar todas as telas pelo menos uma hora antes de ir para a cama.

9. Conecte-se 

A conexão social é fundamental para o envelhecimento saudável. Relacionamentos fortes oferecem a experiência de sentir-se amparado, o que ajuda na sensação geral de ser amado, estimado e cuidado. Planeje atividades diárias e semanais com amigos e familiares, participe de aulas e faça esforços para conversar com novas pessoas.

Escrito por Dra. Daniela Cyrulin

VEJA TAMBÉM:

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.