Que tal preparar o melhor smoothie amigável ao intestino? Em primeiro lugar, como é mesmo um intestino saudável?Para iniciar esse processo, é importante primeiro definir os blocos de construção de um intestino saudável. Quando as coisas estão funcionando como deveriam, temos uma comunidade diversificada e abundante de micróbios vivendo em harmonia em nosso cólon. O próprio cólon é saudável e forte, com uma barreira intacta de células para manter tudo em seu devido lugar.

Nesse cenário, nossos micróbios nos recompensam com uma longa lista de benefícios, incluindo:

  • digestão saudável e absorção de nutrientes
  • evacuação regular
  • hormônios equilibrados
  • um sistema imunológico otimizado
  • redução da ansiedade e depressão
  • aumento de energia e otimismo
Por que nem todo mundo tem um intestino saudável? 

Isso porque você é uma das muitas pessoas que notaram a crescente epidemia de distúrbios digestivos, fadiga, ansiedade e depressão, ganho de peso e desequilíbrio hormonal e doenças metabólicas e autoimunes pelo mundo. Esses são geralmente sinais de uma microbiota intestinal danificada. Alguns chamam isso de “intestino permeável”, mas eu prefiro chamá-lo de disbiose, ou dano ao intestino causado por um distúrbio microbiano. Como resultado, você perde uma diversidade de espécies e, no processo, vê o surgimento de uma proporção maior de micróbios inflamatórios.

Em outras palavras, as coisas boas caem no esquecimento, abrindo mais espaço para as coisas não tão boas inundarem seu intestino.

Isso é problemático porque agora a parede do cólon não está mais protegida por uma comunidade saudável de bactérias do bem, e o resultado são danos às junções que mantêm a parede do cólon unida e um aumento na permeabilidade intestinal que leva ao derramamento de algo chamado endotoxina bacteriana na corrente sanguínea. Essa endotoxina bacteriana salta na super estrada vascular de todo o corpo e, aonde quer que vá, inflama.

Aqui estão 5 ingredientes que o ajudarão a criar o smoothie de cura intestinal dos seus sonhos:
1. Banana verde

Se vamos falar sobre alimentar nossa microbiota intestinal, temos que começar com o nutriente mais importante – a fibra! A banana verde é uma fonte ímpar porque, além da fibra solúvel, contém amido resistente. O amido resistente é um tipo de prebiótico que pode desencadear a liberação de ácidos graxos de cadeia curta, compostos benéficos que alteram o equilíbrio bacteriano para aumentar as bactérias boas e diminuir os ruins, ao mesmo tempo que fortalece as células do cólon, reparando as junções estreitas com a costa intestino solto e reduzindo a liberação de endotoxina bacteriana. À medida que a banana amadurece, o amido resistente se decompõe em açúcar, portanto, para a saúde intestinal ideal, vamos usar a banana verde.

2. Frutas vermelhas

As frutas vermelhas também são uma fonte rica de fibra para promover a liberação de ácidos graxos de cadeia curta, mas a fibra não é o único prebiótico. As frutas vermelhas também contêm polifenóis, que são produtos químicos vegetais que dão cor a elas e têm inúmeros benefícios para a saúde. Do ponto de vista da saúde intestinal, foi demonstrado que elas balançam o pêndulo do microbioma a nosso favor, inibindo seletivamente as bactérias ruins enquanto aumentam as boas.

3. Nozes

Quando você pega uma excelente fonte de fibra e adiciona ácidos graxos ômega-3 à base de plantas saudáveis, você obtém uma fonte única de prebióticos que, mais uma vez, aumentam os micróbios intestinais.

4. Sementes de linhaça moidas

As sementes de linhaça precisam ser moídas para liberar seus benefícios de promoção da saúde. Depois de fazer isso, você obtém as fibras e os ácidos graxos ômega-3 à base de plantas que você encontra nas nozes.

5. Brotos de brócolis

Os brotos de brócolis são meus favoritos. Se você pegar as sementes de brócolis e germiná-las, o que requer alguns dias e um pouco de água, mas sem solo, obterá brotos de brócolis.

Mas por que você quer coloca-los no seu smoothie?

Brócolis – e, portanto, brotos de brócolis – contém sulforafano, um fitoquímico que demonstrou aumentar os micróbios intestinais saudáveis, repara as junções herméticas e reduz a permeabilidade intestinal e a liberação de endotoxinas bacterianas. E aqui está a mágica: quando você come brotos de brócolis, obtém até 100 vezes mais sulforafano do que obteria de um brócolis totalmente maduro.

Lembre-se de que a diversidade é a chave.

Embora esses cinco ingredientes sejam um ótimo ponto de partida para criar o smoothie ideal para o intestino, você não precisa parar por aí. A diversidade baseada em plantas é a chave para a saúde intestinal, portanto, quando você adiciona mais plantas, é recompensado com um intestino mais saudável. Sinta-se à vontade para jogar um punhado de verduras, algumas sementes de chia ou o que mais lhe agradar.

VEJA TAMBÉM:

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.