Quando você pensa no que comeu hoje, ontem, há três semanas ou mesmo no ano passado, qual é a variedade de comida no seu prato? Algumas pessoas naturalmente incluem uma grande variedade de alimentos quando escolhem suas refeições, mas para muitos de nós é fácil cair na armadilha de comer os mesmos alimentos todos os dias.

Você sabia que, ao não consumir uma gama diversificada de alimentos, está perdendo o potencial para muitos benefícios à saúde? Apesar de falarmos tanto em superfoods, nenhum alimento contém todos os nutrientes necessários para a saúde e bem-estar geral.

Ao comer uma dieta equilibrada, repleta de uma ampla variedade de alimentos, é fácil garantir que você consuma quantidades adequadas de todos os nutrientes essenciais. Isso não só reduz o risco de deficiências nutricionais; Ele também oferece inúmeros benefícios para a saúde.

  1. Diversidade = Estabilidade

Existe uma teoria que afirma que a biodiversidade se correlaciona com a estabilidade. Se invasores estrangeiros chegam ao ecossistema, é mais fácil se ajustar, mesmo que uma espécie desapareça da cadeia alimentar. Este princípio se aplica em dois níveis em relação à escolha de uma dieta diversificada. Em um nível, você cria demanda por uma variedade de alimentos que garantem que uma variedade maior de culturas seja continuamente produzida para uma comunidade ecológica mais variada e, portanto, estável. Em um nível mais pessoal, isso também significa que você tem acesso contínuo a um amplo suprimento de vitaminas e nutrientes. Se por algum motivo o suprimento de um determinado nutriente for interrompido de uma fonte, você tem muitas outras fontes para obter esse nutriente em particular, facilitando a manutenção da homeostase ou a estabilidade.

Quando há insuficiência ou deficiência de nutrientes essenciais, as funções corporais necessárias à vida têm precedência sobre outras funções de não sobrevivência. A insuficiência a longo prazo pode levar a doenças crônicas.

  1. Microbioma Intestinal Saudável

O microbioma intestinal é incrivelmente importante para sua saúde geral, e é melhor ter uma população variada. A melhor maneira de conseguir essa variedade no intestino? Consumir uma dieta cheia de alimentos variados. Estudos descobriram que os tipos de alimentos que você consome têm uma forte influência no intestino.

  1. Menor risco de alergia alimentar e intolerância

Quando você come a mesma comida várias vezes, aumenta o risco de desenvolver intolerância alimentar ou alergia a esse alimento. Estudos mostram que uma diminuição na diversidade alimentar dos 6 aos 12 meses de idade teve uma associação com rinite alérgica e asma. Outro estudo descobriu que bebês que consomem uma dieta diversificada, rica em vegetais e frutas, bem como refeições preparadas em casa, tiveram menos incidência de alergias alimentares em comparação com crianças que consumiram uma dieta menos diversificada.

  1. Sinergia Nutricional

Numerosos estudos que revisam a alta ingestão de frutas e legumes encontram benefícios correlacionados à saúde, incluindo a prevenção de doenças cardíacas e câncer. No entanto, quando os estudos examinaram mais de perto os antioxidantes individuais, eles encontraram o efeito oposto. Por exemplo, um estudo descobriu que a suplementação com beta-caroteno na verdade aumentava a incidência de câncer de pulmão. Outro estudo descobriu que a suplementação de vitamina E na verdade aumentava o risco de câncer de próstata. Embora esses resultados possam parecer contra-intuitivos, pode ser que esses nutrientes exijam ações sinérgicas com outras moléculas para fornecer seus efeitos benéficos. Quando você consome uma variedade de alimentos, você ganha milhares de fitoquímicos agindo em conjunto para lhe proporcionar saúde.

  1. Inflamação Reduzida

A inflamação está associada a várias doenças crônicas, incluindo diabetes e doenças cardíacas. Estudos mostram que uma variedade na ingestão de frutas e vegetais está inversamente associada a quantidades menores do biomarcador inflamatório, a proteína C-reativa. Neste estudo, consumir variedade de produtos foi mais importante que a quantidade. Embora o estudo não tenha concluído associações diretas com redução nos riscos cardiovasculares e outros riscos de doenças, a redução da inflamação é importante para a prevenção de várias doenças crônicas.

  1. Combate ao estresse oxidativo

Outro fator comum em muitas doenças é o estresse oxidativo. Esta área da saúde tornou-se o foco de muitos estudos sobre antioxidantes, uma vez que estes compostos funcionam neutralizando os radicais livres para reduzir o estresse oxidativo. Um estudo analisou se consumir uma dieta rica em frutas e vegetais, uma fonte de antioxidantes, reduzia a lipo oxidação e a oxidação do DNA. Suas descobertas afirmaram que dietas de baixa e alta biodiversidade tiveram uma associação com a peroxidação lipídica reduzida, mas apenas a dieta de alta biodiversidade reduziu a oxidação do DNA. Assim, a diversidade botânica é um componente importante no fornecimento desses efeitos antioxidantes, o que mostra ser vantajoso consumir muitos fitoquímicos diferentes, mesmo em doses menores, do que consumir níveis mais altos de poucos em uma dieta de baixa diversidade.

Além de simplesmente atenuar as deficiências, uma dieta diversificada também garante que você se beneficie das ações complementares dos fitoquímicos e mitigue alguns dos fatores que contribuem para doenças crônicas, como disbiose, inflamação e estresse oxidativo.

Então, agora é a hora de começar a sair de sua rotina e incorporar alimentos saudáveis ​​novos e diferentes em sua dieta!

O Detox de Corpo e Alma pode te ajudar a incluir esses novos ingredientes!

Experimente!

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.