“Não tenho tempo para cozinhar, cozinhar é difícil ou receitas saudáveis são muito caras.” Escuto muito isso por aí. Como resultado, estamos vivendo de ultra processados ​​e fast food e criando uma geração que não sabe cozinhar. E isso está nos matando!

Eu quero desafiar você a repensar o ato de cozinhar. Veja-o como um ato de amor que fortalece os laços, ensina importantes habilidades que estendem a vida a seus filhos e nutre seus corpos e almas.

Sendo um chef profissional ou alguém que não tem experiência nenhuma com a cozinha, essas 6 estratégias simplificam e estimulam a culinária saudável de uma maneira que qualquer um pode fazer.

1. Tenha produtos congelados no seu freezer. 

Embora os alimentos frescos sejam ideais, ter um estoque de frutas congeladas, legumes e outros itens oferece alternativas mais duradouras para refeições saudáveis ​​e fáceis. Da mesma forma, alimentos como nozes, manteigas de nozes e leites não lácteos são outras alternativas saudáveis ​​que você pode manter facilmente armazenadas. E para aquelas noites em que cozinhar realmente está fora de cogitação, procure marcas que façam refeições embaladas e saudáveis ​​usando ingredientes de qualidade.

2. Faça da cozinha uma sala acolhedora. 

As pessoas adoram se reunir na cozinha. É o lugar para nutrir seu corpo, assim como seus relacionamentos familiares. É também um espaço para se relacionar com os seus filhos, ensinando-lhes valiosas habilidades para a vida. Portanto, estabeleça sua cozinha como o ponto de encontro da família.

3. Repense seu tempo. 

O tempo é a maior desculpa para quem não cozinha. Mas você provavelmente tem mais tempo do que pensa. Para descobrir, mantenha um diário por uma semana e acompanhe todas as suas atividades em detalhes. Você provavelmente descobrirá que pode reorganizar sua lista de tarefas, repensar seus hábitos, desligar seu computador, sua TV, seu celular mais cedo e usar esse tempo para cozinhar.

4. Deixe-se cometer erros. 

Se você não tem experiência com a cozinha ou suas habilidades ficaram enferrujadas, não procure a perfeição em sua primeira receita – tenha como objetivo experimentar e praticar. Comece com uma receita mais básica com apenas alguns ingredientes e trabalhe até algo mais complexo.

5. Envolva toda a família. 

Isso significa arrastar seus filhos para longe de seus videogames e pedir que eles avaliem os ingredientes, peguem comida na geladeira ou até mesmo pique legumes se estiverem prontos para a tarefa. Faça questão de aprender novas habilidades e experimentar receitas juntos. Para deixar todo mundo animado, decidam juntos sobre o cardápio da semana. Por fim, reserve um tempo para celebrar juntos a comida que você mesmo preparou.

6. Assista o documentário “Fed Up”.

Precisa de mais inspiração? Eu recomendo “Fed Up”, um documentário familiar que explora o que deu errado na indústria moderna de alimentos e como podemos corrigi-la. Comprando alimentos reais e cozinhando você mesmo, você vai transformar sua saúde. Mas você também está ajudando a transformar a indústria de alimentos, uma pequena escolha por vez. Os problemas são globais – mas a solução é tão local quanto o seu garfo.

Pronto para começar?

Escrito por Dra. Daniela Cyrulin 

VEJA TAMBÉM:

 

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.