Se você está lutando contra o incômodo do refluxo, você não está sozinho. Estima-se que 20% dos adultos sofrem diariamente ou semanalmente com refluxo ou azia, um número que aumentou acentuadamente na última década. Felizmente, você não precisa recorrer aos medicamentos para encontrar alívio duradouro.

Comer a comida certa pode ser mais eficaz do que medicamentos para o refluxo. Esta é uma grande notícia porque a maioria dos remédios vendidos fornecem apenas um alívio temporário dos sintomas, e eles também podem apresentar efeitos colaterais perturbadores quando usados ​​a longo prazo. Há uma série de maneiras comprovadas para aliviar o desconforto do refluxo.

1.     Tenha uma alimentação baseada na dieta mediterrânea 

Uma dieta mediterrânea consiste principalmente em vegetais, frutas, azeite (não-aquecido), nozes, sementes, legumes e alguns peixes. Não só uma dieta à base de plantas fornece alívio dos sintomas do refluxo, mas esses alimentos vão nutrir cada célula e sistema em seu corpo, da saúde do coração à pele brilhante. Se você se esforça para comer mais vegetais em cada refeição, comece devagar, trocando um grão ou carboidrato por um vegetal. Ou considere fazer smoothies para obter uma grande quantidade de nutrição de uma só vez.

2.     Aumentar Enzimas Digestivas 

Ao contrário da crença popular, o refluxo pode não estar relacionado com a superprodução de ácido gástrico. Pesquisas indicam uma variedade de causas complexas, incluindo aumento da pressão intra-abdominal, consumo excessivo de carboidratos e supercrescimento bacteriano (SIBO).

Quando as pessoas tomam antiácidos ou outros medicamentos para diminuir o ácido estomacal, o pH do estômago aumenta e a produção da enzima digestiva pepsina diminui. Isso significa que sua capacidade de digerir proteínas é reduzida.

Melhore sua digestão mastigando alimentos lentamente. Você também pode suplementar com enzimas digestivas (tomadas com ou antes de uma refeição) para que os alimentos possam ser totalmente decompostos e absorvidos adequadamente. Para isso consulte um nutricionista.

3.     Reduza os Alimentos “Gatilho” 

Qualquer um que tenha experimentado a dor da azia sabe que alguns alimentos parecem estar doendo muito depois que você comeu.

Se você tiver azia freqüentemente, tente reduzir a ingestão desses gatilhos comuns (e veja quais aliviam você):

  • Álcool
  • Cafeína (café, bebidas energéticas)
  • Bebidas carbonatadas (refrigerantes)
  • Frutas cítricas
  • Alimentos fritos ou gordurosos
  • Alimentos processados
  • Alimentos picantes

Se cortar a cafeína parece impossível, procure maneiras naturais de manter seus níveis de energia. Como o chá verde por exemplo.

4.     Probióticos para um intestino saudável 

Acredita-se que um dos fatores que contribuem para o refluxo seja o crescimento excessivo de bactérias ruins no intestino (SIBO)

O que pode criar um supercrescimento de bactérias ruins?

O uso de antibióticos, pesticidas em alimentos, adoçantes artificiais e alimentos ultraprocessados ​​são os principais motivos. Ajude a restaurar a saúde do seu intestino com alimentos fermentados, como kimchi, chucrute, iogurte natural e kefir. Adicionando mais bactérias boas pode ajudar a fortalecer o revestimento do intestino e melhorar a digestão.

5.     Ajuste sua rotina 

Há também etapas simples de estilo de vida para reduzir o risco de refluxo. Esses pequenos ajustes podem adicionar uma grande diferença:

  • Coma refeições menores e mais frequentes durante o dia
  • Evite comer 3 horas antes de dormir
  • Reduza o estresse (use essas dicas)
  • Eleve a cabeça ao dormir

É aqui que algumas pessoas vão questionar: “Por que eu iria querer mudar meu estilo de vida quando posso tomar uma pílula todos os dias!”Pode ser mais fácil, mas está longe de ser a melhor opção. E aqui está o porquê …

Tomar medicamentos a longo prazo têm riscos reais à saúde!

Como qualquer droga farmacêutica, os inibidores da bomba de prótons têm muitos efeitos colaterais. Eles fornecem alívio temporário, bloqueando a produção de ácido no estômago. No entanto, o ácido do estômago é essencial para um sistema digestivo saudável. Mas isso não termina aí.

Um grande corpo de evidências descobriu que esses medicamentos podem:

  • Resultar em um aumento de 1,16 vezes no risco de ataques cardíacos
  • Causar dano a função cognitiva
  • Danificar a diversidade da microbiota intestinal
  • Aumentar significativamente o risco de doença renal

Então, tomar uma pílula por dia pode ser simples, mas ela vem com riscos reais. Considerando que pequenas mudanças no seu estilo de vida podem ter benefícios duradouros.

Ao adotar algumas das etapas descritas acima, você não apenas ajudará a reduzir o refluxo, mas também poderá trazer mudanças positivas a todos os aspectos da sua saúde. Isso faz com que essas soluções naturais sejam sempre a melhor escolha.

Escrito por Dra. Daniela Cyrulin

VEJA TAMBÉM:

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.